Monday, July 31, 2006

E a seguir uma estátua equestre de Miguel de Vasconcelos?

Será legítimo o Estado apoiar financeiramente projectos liderados por alguém que, numa carta enviada a todas as redacções de que se lembrou, deixa a distinta impressão de que não gosta de Portugal?

4 Comments:

Blogger marta r said...

E a pobre diz que foi alvo de tortura física....

6:22 PM  
Blogger Filipe Moura said...

A questão não é essa, Leonardo. O Estado não tem que exigir que as pessoas "gostem de Portugal" (algo muito vago). O que o Estado tem é de apoiar projectos com qualidade. Mas para mim o essencial no caso da MJ Pires é que o Estado tem-lhe pago tudo aquilo com que se comoprometeu. Deixa lá a senhora ir para a Bahia, se é isso que ela quer. Escusava era de usar o Estado como desculpa.

4:49 PM  
Blogger Leonardo Ralha said...

Cara Marta,

Correndo o risco de levar com a brigada do politicamente correcto, diria que a utópica de Belgais foi a derradeira vítima do falecido Rosa Casaco.

Caro Filipe,

Olha que me parece mesmo questionável que o Estado Português dê apoio a quem declara publicamente não gostar de Portugal. Sobretudo se, como o insuspeito professor EPC escreveu no Público, esse dinheiro ter servido para sustentar o clã. Fora de tema: parabéns pelos textos no jornal onde perdi quatro inesquecíveis anos de vida. Por muito que não te consiga recomendar a vida de jornalista...

7:00 PM  
Blogger Basílio said...

A questão é que o Estado só dá dinheiro a quem não gosta de Portugal.

4:54 AM  

Post a Comment

<< Home

d